Saiba como explicar coisas de adultos para as crianças | A Toca do Bebê
WhatsApp A Toca do Bebe
Central de Atendimento:
(19) 3835-4663

Saiba como explicar coisas de adultos para as crianças

Publicado: 15/04/2019

Compreensão e disponibilidade são fundamentais

Por que o céu é azul? A nuvem é feita de algodão? De onde vêm os bebês? Quem tem criança em casa sabe que essas e outras perguntas são frequentes durante as fases de crescimento e aprendizados. A criatividade e a curiosidade dos pequenos não têm limites, afinal, tudo é novo para eles.


Mostrar-se interessado e disponível para ouvir, conversar e explicar algumas dessas questões com os filhos demonstra carinho e cria vínculos de afetividade e confiança: a criança vai procurar sempre os pais caso tenha dúvidas e dessa forma, dificilmente ela será enganada por outras pessoas.


Tratar de assuntos complicados com naturalidade é fundamental para que a criança não se sinta desconfortável ao sentir dúvidas. A educação na infância se dá através do cuidado e da atenção dos responsáveis pelos pequenos.


Mas como devo agir? Confira algumas dicas:


Devo falar sobre morte com meu filho?
É difícil explicar quando um parente ou um animal de estimação morre, mas é fundamental que a criança saiba sobre os ciclos da vida: tudo nasce, cresce e um dia morre. Seja direto e não crie fantasias: as crianças ainda não entendem metáforas e fantasiar sobre o assunto não ajuda no desenvolvimento delas.


É importante falar sobre as diferenças

A criança faz parte da sociedade onde vive e é importante que ela entenda e aceite as diferenças. Pode ser que o cabelo do coleguinha da escola seja diferente do dela, ou que os vizinhos tenham uma religião diferente: é fundamental que os pais expliquem que nem todas as pessoas são iguais e que as diferenças precisam ser respeitadas.


De onde vêm os bebês?

Conversar sobre sexo sempre é um assunto delicado. Nesse caso, quando a criança for muito novinha, os pais podem recorrer ao conto da cegonha que traz o bebê. Depois de certa idade, essa história não cola mais: responda apenas aquilo que a criança perguntar, sem delongas. Não vá muito além do que a criança perguntou pois ela pode ficar confusa.
É imprescindível que a criança saiba que namorar é coisa de adulto, e não de criança.


Por que o papai faz xixi em pé?

Conversar sobre as diferenças corporais entre homens e mulheres é muito importante. Nesse caso, você pode usar nomes infantilizados para os órgãos sexuais e usar ilustrações que exibem as diferenças entre os corpos das mães e dos pais.


Diga que não sabe e pesquise

Porque sim e porque não não são respostas e causam bloqueios na criança que vai evitar as perguntas ao perceber que está incomodando. Você - nem ninguém - é obrigado a saber de tudo. Caso a criança faça uma pergunta e você não faça ideia do que ela esteja falando, explique que você também não sabe, mas que vai procurar saber. E cumpra essa promessa: dessa forma, vocês aprendem juntos.


Qual a pergunta mais esquisita que seu filho já fez? E qual foi a sua resposta? Conte para a gente!

Voltar

Nossos Parceiros


Receba nossas Ofertas e Novidades